Title: Auto do caseiro de Alvalade

Subtitle: Auto novamente feito chamado de Caseiro de Alvalade, em que entram as figuras seguintes, convém a saber, Pero Vaz, e sua mulher, Caterina, sua filha, Lianor, moça de casa, e Gonçalo Ratinho, João Varela, escudeiro, e Duarte, seu moço, Martim Cardoso, escudeiro, e Fernando, moço de escudeiro, e Simão de Andrade, escudeiro, Francisco, seu pajem

Author: António de Saldanha


Information about the document

  • Type: Obra Literária
  • Genres:Teatro
  • Publisher: António Álvares, Lisboa, Portugal
  • Publication year: 1632
  • Languages: Português

Source(s)

  • FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Portal da Biblioteca Nacional. Disponível em: http://www.bn.br.

Referência ABNT da obra

SALDANHA, António de. Auto do caseiro de Alvalade: Auto novamente feito chamado de Caseiro de Alvalade, em que entram as figuras seguintes, convém a saber, Pero Vaz, e sua mulher, Caterina, sua filha, Lianor, moça de casa, e Gonçalo Ratinho, João Varela, escudeiro, e Duarte, seu moço, Martim Cardoso, escudeiro, e Fernando, moço de escudeiro, e Simão de Andrade, escudeiro, Francisco, seu pajem. Lisboa, Portugal: António Álvares. 1632.

Beginning year Ending year Description
1630 1654 Brasil Colônia: período da segunda invasão holandesa em Pernambuco
1640 1640 Portugal readquire sua autonomia com a Casa de Bragança
1682 1682 Economia: Estabelecimento da Companhia de Comércio do Estado do Maranhão
1694 1694 Destruição do Quilombo dos Palmares
1624 1624 Brasil Colônia: primeira invasão holandesa
1637 1644 Brasil Colônia: permanência no Brasil do Príncipe Maurício de Nassau
1649 1649 Economia: estabelecimento da Companhia Geral do Comércio do Brasil
1640 1640 Fundação da Dinastia de Bragança
1616 1616 Ciência e religião: a Igreja Católica condena o livro de Copérnico que contém suas teorias astronômicas


Comments are the sole responsibility of the authors and do not represent the views of this repository. If you find something that violates the terms of use, report it by clicking the report button.

This document has not been commented yet, leave your comment by clicking on "Add comment"